domingo, novembro 12, 2006

Cachaça aos mendigos

Ao doarmos cachaça para um mendigo, não estaríamos dizendo: "Toma, continua deludido"? Não que bebida alcoólica seja sinônimo de delusão e também aqui não quero propor uma atitude moralista do tipo "eu não bebo, ninguém bebe". Que acham? Bom, no natal todo mundo bebe, é festa, uma vez por ano...

4 comentários:

  1. Acho que por ser final de ano, os mendigos merecem...Primeiro porque não seria com a intuição de alimentar algum vício, mas sim para celebrar uma data festiva...E outra, imagino que essas festas de final de ano, sempre deixam melancolia no coração dos que estão sem lar...para isso, a bebida aquece o coração.

    Ah! E gostaria de saber o significado desse termo "delusão". É novo pra mim :)

    ResponderExcluir
  2. Anônimo10:39 PM

    Muito bom.Por que tirar tudo do mendigo,não é?
    Jane Denkõ

    ResponderExcluir
  3. André,

    Delusão é o estado de ignorância onde o indivíduo acredita que o mundo ilusório à sua volta, o mundo fenomênico, a sociedade, as religiões, são a realidade última.

    Diferente da ilusão, que se sabe não ter consistência.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo8:16 AM

    Caro Seigen,
    doar ou não a cachaça não faz diferença, já que ele provavelmente tem pinga de sobra na rua. Agora, doar uma meia-hora de papo de um não-mendigo, isso sim seria uma alegria, um retorno a um mundo que se considera perdido!

    Um ex-morador de rua.

    ResponderExcluir