sábado, março 25, 2006

O problema não é meu

Esta tradução fiz para o então Superior Koichi Miyoshi, no Templo Busshinji. Disse ele a respeito da mente: "Existiu um velho monge, que teve que se submeter a uma cirurgia nos ombros, onde cresceu um calombo. Era malígno. Por isso, não conseguiu se livrar da inevitável operação. Após a cirurgia, ele se encontrava no quarto lendo um livro. Nesse momento, um jovem monge que o visitava ficou surpreso e indagou: 'o senhor deveria estar em repouso ao invés de estar mergulhado nesta leitura; afinal, o ferimento não doi'. "Claro que doi", devolveu o enfermo, 'mas este problema não é meu".

Um comentário:

  1. Anônimo6:08 AM

    I love your website. It has a lot of great pictures and is very informative.
    »

    ResponderExcluir